traulitadas @ 17:54

Ter, 14/03/06

No alto da torre.
Duas almas  teimavam em se fazer tímidas. A oportunidade poderia ter surgido inúmeras vezes, contudo a coragem não deu o passo em frente e o momento foi adiado. Tudo estava propicio para que ali se desse o acontecimento. Algo que de tão simples se complicava pela importância que havia ganho. No meio de amena conversa várias foram as oportunidades de ambos, contudo não se concretizou. Adiado de forma solene a cada minuto que passava, fazia com que fosse ganhando importância e significado cada vez maior. Da mesma forma a responsabilidade pela imortalização do momento crescia de forma exponencial, dificultando cada vez mais o acto simples, por muito considerado banal; mas que naquele dia para eles era tão-somente o selar de uma relação que teimava em não avançar. Talvez não tivesse chegado efectivamente o momento certo. Talvez não fosse naqueles momentos o momento certo.
Na margem do rio.
 Um passeio simpático numa zona simpática. Ali onde a vertente cosmopolita se dilui e embrenha pelo que de mais belo tem a natureza, o passeio foi fluindo com inúmeros gesto cúmplices que se formam acumulando. Nada era deixado ao acaso, mas mais do que isso, tudo estava entregue ao destino. O que estivesse escrito aconteceria no momento exacto que teria de acontecer.
E aconteceu.
 Num momento inesperado, num gesto que de tão simples adquiriu sublime importância e significado.


De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Porque nem sempre tudo tem que fazer sentido!!!
Março 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
15
16
17
18

19
21
23
24
25

26
27
28
30
31


Pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO